A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO

Período marcado por transformações, no qual o equilíbrio tende a declarar lugar à crise da puberdade, afetando a vida da pequenino nas dimensões afetiva, cognitiva e motora. Fernandezp.

Avenida vs Novo Hamburgo seguirem regras-20819

Brazilian teen killed in fighting between fans police in Brazil's Rio Grande do Sul finals

Edgar Morin , p. Desta formato, ele pregava que o homem-feito nunca pode deixar de sentir o anseio pelo conhecimento e pela sabedoria. Os laços entre alunos e professores se estreitam e, na imensa proximidade desse imprescindível afeto, tornou-se importante descobrir ações, estratégias, procedimentos sistêmicos e reflexões integradoras que estabeleçam vínculos fortes entre o aluno, o professor e o aprendizado ANTUNES, , p. Segundo Wallon , em sua teoria psicogenética o indivíduo é um ser corpóreo, concreto e deve ser gastado como tal, ou seja, seus domínios cognitivos, afetivos e motor fazem parte de um totalidade, a própria pessoa. É a fase em que a pequenino se descobre um ser único, diferenciando-se de outras crianças e do adulto. Piaget , p.

Avenida vs Novo Hamburgo seguirem regras-70229

A criança, portanto, passa a obter condições de se posicionar nas situações de conflitos que aparecem no seu cotidiano, em seu meio social. Esta é a primeira linguagem da criança, e assim a fase impulsiva vai dando lugar à emocional. Nota-se, nessa fase, que a vitória, implícita no sentimento de ser independente, tem um peso muito significativo para a criança, pois, ao se sentir vitoriosa, ela se sente fortalecida. Ainda segundo a teoria de Wallon, Dantasp. Existe uma base afetiva permeando essas relações. A criança entra numa fase em que, segundo Wallonp. Rousseaup. Porém, atenhamo-nos principalmente ao que se denomina equipe funcional afetividade.

Comentários: